Evite Estrias na Musculação

Como foi difícil encontrar estudos relacionados as estrias na musculação. Muitos textos escritos baseados em experiência e não em amparo cientifico. Espero esclarecer de forma clara e coesa a respeito deste assunto.

Siga @tais_braga no Twitter agora e fique sempre atualizado.

O aparecimento de estrias nada mais é que uma “rachadura” na pele. O rompimento destas fibras forma uma cicatriz interna e origina a estria. Estrias avermelhadas são as mais recentes. Nessa fase há um componente inflamatório, por isso a diferença na cor das estrias mais tardias. Estas últimas são brancas e são as chamadas cicatrizes lineares, não apresentam mais o processo inflamatório, mas sim uma certa atrofia da pele.

Apelar para cremes e mudanças de hábitos nem sempre funciona. “Infelizmente, a grande causa das estrias está ligada a genética, por isso, não dá para prevenir o problema totalmente”, explica a dermatologista Daniela Taniguchi.

Musculação na medida

No treinamento de musculação é comum em homens é o surgimento de estrias em função do excesso de exercícios físicos. A carga exagerada em determinadas regiões do corpo faz com que os músculos cresçam e a pele se estenda demais, deixando a área mais propensa a estrias. “Nosso corpo tem a capacidade de se adaptar a quase todas as situações, porém, é preciso de um tempo para isso. Se você sempre teve um corpo magro, de repente começa a malhar e fica com mais massa muscular do que antes, não dá tempo da pele se preparar para a variação de tamanho e então ela estica além de conta e as fibras se rompem”, explica a dermatologista. O ideal é seguir um treino que proporcione um crescimento gradual da massa muscular e não exagerar tanto nas metas que deseja alcançar.

Prevenção e Tratamento

Segundo a dermatologista Daniela Taniguchi, hidratar a pele é sempre a melhor saída para evitar que as estrias apareçam. Ela explica que tratamentos com produtos à base de uréia, ácido hialurônico e glicerina ajudam a manter a pele hidratada. Além disso, uma boa dose de proteínas no cardápio também pode ajudar. “A pele hidratada fica mais elástica e sofre menos os efeitos do ?esticão? ou do efeito sanfona, por isso, recomendamos cremes, bastante água e ácidos como prevenção”.

Para a dermatologista, o melhor método para tratar estrias nos rapazes é o tratamento com laser fracionado de CO2. Para ela, o tratamento, que custa em média R$1000 por sessão, ainda é o mais eficiente para combater a flacidez e as estrias. O laser fracionado vai quebrar parte das células da pele que compõem as estrias de modo a estimular a produção de um novo colágeno no local. Isso faz com que as células se regenerem, tornando as estrias bem mais discretas. “O tratamento só faz efeito depois de umas cinco sessões e deve ter um intervalo de um mês entre uma sessão e outra, já que o laser continua agindo sobre a pele mesmo depois que a sessão acaba”, afirma Daniela.

Fonte: www.minhavida.com.br

Tais Braga
Graduada em Educação Física e Pós Graduada em grupos especiais.

Graduada em educação física desde 2008, pós graduada em grupos especiais, atua no mercado de personal Trainner, atendendo em academias, condomínios, casas. Atendimento presencial e on-line. Estudante de psicomotricidade.

Um comentário em “EVITE ESTRIAS NA MUSCULAÇÃO”

  • Entendo compreendo e apoio a luta das mulheres por direitos iguais salarios iguais, estetica e superficial mulher gostosa mesmo e aquela com umas dobrinhas umas marquinhas do tempo tipo estria ou uma celulitezinha, isso e mulher de verdade pode apertar morder pegar com forca que nao explode ok.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *