20120822-224011.jpg

Ao realizar uma atividade física seja ela programada ou não, muitas vezes você tem a oportunidade de estar em sintonia com você mesmo, colocando em ordem seus planos, resolvendo assuntos pessoais, pois esta é a hora que você escolheu pra ser sua. É comum escutarmos relatos de corredores que durante a prática aproveitam para pensar em soluções para seus problemas.

Siga @tais_braga no Twitter agora e fique sempre atualizado.

Os benefícios trazidos com as práticas esportivas, podem ser canalizados para um maior desenvolvimento profissional e pessoal, esses benefícios são vários e bastante construtivos.

Um exemplo interessante é o lendário Steve Jobs, com sua aguçada intuição, não era exatamente um esportista. Mas frequentemente dava longas caminhadas com seus interlocutores, fossem eles amigos, grandes acionistas, diretores, cientistas, designers ou até fornecedores. Ele não gostava de ficar sentado, era um artista em persuasão quando caminhava de um lado para outro, como em suas apresentações.

Nessas caminhadas eram discutidos e debatidos pontos estratégicos do dia a dia de todas as empresas que criou. Instintivamente ele se beneficiava do equilíbrio mental que esses momentos propiciavam e estimulava o mesmo efeito em seu interlocutor. Daí surgiram decisões geniais, que foram fundamentais para o sucesso.

O fato é que a atividade física faz com que o cérebro, com a intenção de coordenar os movimentos do corpo, equalize suas ondas elétricas entre os lados direito e esquerdo estimulando um raciocínio mais “apurado”, mais equilibrado, o que é bastante positivo na hora de tomar decisões.

A atividade física estimula a liberação de substâncias que “melhoram” o funcionamento do sistema nervoso central, ocorre uma maior oxigenação do cérebro e um aumento na produção de neurotransmissores, ele se torna mais ágil e ativo e você se sente melhor e mais relaxado.

De maneira mais técnica, pode-se dizer que o exercício aeróbico está associado com melhor desempenho em habilidades coordenadas pelo córtex frontal e temporal, tais como função executiva e memória. Assim, a literatura sugere que o exercício pode promover a formação e o fortalecimento de conexões entre o hipocampo e suas conexões corticais, incluindo as conexões com o córtex frontal e temporal, e as projeções para o córtex occipital e parietal através de vias laterais.

Enfim, aproveite seus exercícios de forma integral, otimize seu tempo, faça da atividade física uma aliada para uma vida saudável. Procure sempre um profissional de Educação Física para orienta-lo a respeito do melhor treino.

Texto: Taís Braga (Personal trainer)
Educadora Física, especialista em grupos especiais.

Fonte de base: www.frontiersin.org/aging_neuroscience/10.3389/fnagi.2010.00032/abstract

20120822-224203.jpg

Graduada em educação física desde 2008, pós graduada em grupos especiais, atua no mercado de personal Trainner, atendendo em academias, condomínios, casas. Atendimento presencial e on-line. Estudante de psicomotricidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *